Lidia Gasque

Lídia Gasque iniciou as aulas de ballet clássico aos 6 anos de idade na Academia Art Dance Ballet em Americana-SP, onde se formou com a professora Erica Janotti.
Em 2013 começou a dar assistência nas aulas de ballet infantil na ONG Paz e Liberdade em Americana-SP, tornando-se professora e em 2016 diretora artística.
Em 2015 entrou para o grupo de competição da academia Iris Ativa Lina Penteado em Campinas-SP. Teve como mestres Luciana Checchia, Liliana Testa e Ronaldo Coco.
Em 2016, passou a fazer aulas com Eliane Constancio Kara e Pedro Kara, melhorarando sua técnica e conhecimento no balé clássico. No mesmo ano ingressou na CEDAN – Companhia Estável de Dança de Piracicaba, com Camilla Pupa como professora e diretora, onde foi convidada a participar do espetáculo “La Danza dei Fili” com direção artística da italiana Alessandra Silva de Simone e adaptação de Marcela Zia.
Em 2018 mudou-se para São Paulo para buscar novas experiências e crescimento profissional, dançou para a Especial Academia de Ballet onde teve como mestre Guivalde de Almeida, Jurandir Rodrigues, Danila Bezerra entre outros grandes nomes.
Seguiu ministrando aulas de baby class, ballet infantil, alongamento, ballet funcional e jazz em escolas infantis e nas academias de dança. Trabalhou na Escola Jurandir Rodrigues e Guivalde de Almeida, Espaço Maktub e Núcleo Arte e Saúde – Ballet Carolina Eimantas, onde continua lecionando até o momento.
Se aperfeiçoou no jazz com Gabriel Malo e Erica Rossati, e na dança contemporânea com Ariany Damaso e outros mestres.
Em 2019 ministrou aulas na Zelensky Balett. Também na Sala Erica Rossati e OCA – Oficina Corpo e Arte onde continua atualmente.